De repente, 100!

De repente, 100!

Spread the love

O fluxo do tempo não desaparece. Os gregos antigos até imaginavam que ele fosse uma espécie de círculo, mas essa noção praticamente acabou nos dias de hoje. No percurso incontrolável da vida, percebi que já se foi uma centena de programas do Paiaiá na Conectados, da Rádio Conectados (FUNSAI). De repente, 100!

O tempo realmente não para. De Machado de Assis a Cazuza, de Platão a Pato Fu, o tempo não escolhe alvo, nacionalidade nem cor. O tempo não se importa com o que dizem dele — como, por exemplo, está sendo feito agora.

O tempo não se curva a reis e a imperadores, não tem partido, não resmunga, não tem cheiro. O tempo é o senhor das coisas do mundo. O tempo atravessa, esmaga e molda tudo (influencia inclusive nas ideias mais tranquilas de uma pauta em um programa de rádio).

Ninguém pode com o tempo. Bom seria se ele fosse cíclico como os gregos entendiam ou se ele nos esquecesse de vez em quando. Ele não esquece, não se atrasa e não para. Por isso, nem o programa Paiaiá na Conectados está livre da força do tempo: de repente, 100!

 

CARLOS SÍLVIO

criador e apresentador do programa Paiaiá na Conectados, da

Rádio Conectados (www.radioconectados.com.br) — Funsai

Carlos Silvio

Uma ideia sobre “De repente, 100!

ANTONIO MÁRIOPublicado em  11:04 pm - set 27, 2018

Rumo à MILÉSIMA edição do Programa Paiaiá na Conectados

Deixe sua mensagem

Facebook
https://www.youtube.com/channel/UCW7gLoeaKwZ9jy6c3KQjWfw
Instagram
WhatsApp WhatsApp