De Paiaiá para o Mundo

De Paiaiá para o Mundo

Spread the love

Paiaiá é um povoado, município de Nova Soure, BA, localizado a 230 Km de Salvador. Lá vivem cerca de 600 pessoas, umas tão boas quanto as outras. Tudo gente grande, incluindo as crianças. Uma dessas, Carlos Silvio, deu uma fugidinha de lá para pintar e bordar na capital paulista. Já faz um tempo. No próximo dia 10, fará exatamente 20 anos que esse cidadão chegou como quem não quer e querendo crescer mais para o povo todo vê-lo e ouví-lo.

Carlos Silvio é um comunicador nato.E como se diz lá no nosso Nordeste:o cabra é tão bom, tão bom,que se não tivesse nascido outro não nasceria. Mas é assim, como diz José Cortez: “cabra bom já nasce temperado”. Caso do Silvio, pois.

Encontrei Carlos Silvio por telefone. Ele telefonou me convidando a participar do programa Paiaiá , levado ao ar todos os sábados pela rádio web  Conectados, que fica ali no bairro paulistano do Ipiranga, onde no meio da tarde de 1822, Dom Pedro I desembaiou a espada e berrou: “Independência ou Morte!”.

Exageros a parte de Dom Pedro, o fato é que o dito grito entrou para a história como para a história está entrando o bom baiano de Paiaiá Carlos Silvio.

Bom, fui ao programa do Sílvio e falei falei um monte de coisas que me veio à mente.

Carlos Sílvio me surpreendeu como apresentador do Paiaiá na Conectados. Vocês querem ver como me saí na ocasião? Clique:

https://www.youtube.com/watch?v=IB5cxBilm4A&t=10s

Por que estou falando tudo isso?

No próximo dia 19 estarei de volta ao Paiaiá. Dessa vez contando um pouco da história da cidade paulistana através da música que pra ela é composta. Até eu fiz umas coisinhas sobre sampa, com acompanhamento especial e inusitado do Cidadão do Samba, Osvaldinho da Cuíca..Clique:

https://www.youtube.com/watch?v=bn5AtXEMP8s&t=19s

Mas, biograficamente, quem é o cidadão Carlos Sílvio? É ele mesmo quem conta: “meu nome de batismo é Carlos Sílvio Lima Ramos. Nasci  em 27 de junho de 1977. Sou filho de Agnelo da Silva Ramos e Maria Neuza; ele ferreiro e ela dona de casa. Ele está vivo. Sou o terceiro de 10 filhos, 5 homens e 5 mulheres. Desses dez, vingaram cinco mulheres e eu. Morei em Paiaiá até 21 anos de idade e migrei para São Paulo no dia 10 de janeiro de 1999. Vim para São Paulo como milhões de nordestinos em busca de uma vida melhor. Todos nós temos sonhos, meu sonho sempre foi trabalhar com comunicação e este sonho está sendo realizado  há exatos 2 anos e 7 meses, na Rádio Conectados (www.radioconectados.com.br). Casei em São Paulo. Faz 10 anos. Minha companheira é Gleice Fonseca, com quem tenho um filho Murilo de 9 anos, que Deus nos trouxe e mais um, Enzo, que Deus nos deu por outros caminhos. Adotar é fundamental. No programa Paiaiá já entrevistei mais de uma centena de pessoas, das mais diversas áreas do viver cotidiano, da música a psicanálise. Do jurídico ao esporte.Todos me entusiasmaram, mas alguns mais como: Prof. Geraldo Prado (historiador), Sérgio Martins (jornalista), Dr. Lafayete Lage (ortopedista), Diego Viñas (futebol de várzea), José Erenilson da Silva ( escritor) e tantos mais. Claro, no nosso programa contamos com colaboradores excepcionais como o historiador Darlan Zurc, do povoado da Melancia, assim como Paiaiá, município de Nova Soure.

No mais sou São paulino, talvez minha melhor qualidade. O meu programa vai ao ar todos os sábados, das 12 as 13 horas. Meu programa trata de registrar o pensamento de quem se preocupa a levar informação sobre o cotidiano cultural da vida brasileira para o mundo”.

Assis e Carlos Sílvio (foto:Lúcia Agostini)

Texto de Assis Ângelo.

Blog do Assis Ângelo: https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=8155438913674603024#editor/target=post;postID=5905658197517441220;onPublishedMenu=allposts;onClosedMenu=allposts;postNum=3;src=postname

Carlos Silvio

Deixe sua mensagem

Facebook
https://www.youtube.com/channel/UCW7gLoeaKwZ9jy6c3KQjWfw
Instagram
WhatsApp WhatsApp