• paiaia@radioconectados.com.br

Category ArchiveApresentador

O FUTURO DO RÁDIO É A INTERNET

Entrevista concedida ao jornalista e pesquisador de cultura, Assis Ângelo

Pergunta: Sílvio, eu sei que você é sãopaulino. O Corinthians ficou campeonato durante mais de 20 anos. Quebrou o jejum em 1977, você assistiu a final do Coringão contra Ponte Petra?

Resposta: Eu não sou desse tempo. Estava nascendo. Aliás, nasci no dia 27 de junho de 1977 lá em São José do Paiaiá, Nova Soure, BA.

Pe: Quando você trocou o Paiaiá por São Paulo e o que achou de melhor na capital dos paulistas?

Re: Cheguei no dia 10 de janeiro de 1999. Acolhedora, a cidade me possibilitou aprender um monte de coisas. Aqui casei, tive filho, Murilo. Aliás, nem sei como a Gleice me aguenta.

 

Pe: Foi no mês de janeiro que nasceu no Rio Grande do Sul o cara que inventaria o rádio, você sabia disso?

Re: Roberto Landell de Moura. Cientista formado em Roma. Ele também era padre.

Pe: Além de inventar o rádio, Landell inventou o telefone sem fio. O rádio tem sido muito importante como meio de transmissão de música e notícia. Por que você escolheu o rádio, Sílvio?

Re: Não foi por acaso. Ouço rádio desde criança, porque onde eu morava não havia energia elétrica e muito menos televisão. O rádio era o principal companheiro, à pilha. E hoje, mesmo com tanta novidade tecnológica, o rádio continua sendo a minha grande companhia. De milhares, milhões de pessoas mundo à fora.

Pe: O mês de junho é o mês que tem muito a ver com Imprensa. O dia 1°, por exemplo, é dedicado à Imprensa. Muitos jornalistas nasceram nesse dia, como Carlos Castelo Branco (http://assisangelo.blogspot.com/2020/06/castelinho-100-anos.html). Ele nasceu no dia 25, há 100 anos. O mês termina com a morte de Landell: 30 de junho de 1928. Ele deve ter sofrido muito, pois no dia 7 de setembro de 1922 o Presidente Epitácio Pessoa (1865-1942), convidou o Italiano Marconi (1874-1937) para inaugurar o rádio, no Brasil. O rádio tem futuro, Sílvio?

Re: Sim, mas os desafios são muitos. Com a chegada da Internet o rádio migrou e tem que se adaptar as novas plataformas. Como a televisão, também. Vivemos um outro mundo. E nesse novo mundo que o rádio tem que viver. O futuro do rádio é a internet.

Pe. E as rádio comunitárias, como ficam?

Re. Não ficam. A tendência é sumirem.

Pe. Você entrou no rádio e dele pretende sair?

Re. Entrei nesse mundo no dia 17 de maio de 2016, pela Rádio web Conectados (www.radioconectados.com.br). Se depender mim, não sairei. Gosto muito do que faço.

Pe. E as lives? Essa onda virou mania, é uma coisa doida, você concorda?

Re. Tenho usado a internet e recentemente inaugurei um programa chamado Em Quarentena. Nesse programa, sempre ao vivo óbvio, já entrevistei figuraças como os ex-jogadores Aloísio Chulapa, Bobô, o filósofo das ruas, Eduardo Marinho, o músico Jorge Ribbas, o ator Felipe Folgosi.

Pe: Quem você gostaria de entrevistar?

Re: No programa Paiaiá na Conectados eu já entrevistei Joé Hamilton Ribeiro, o maestro Júlio Medaglia, o acadêmico Ignácio de Loyola Brandão e gostaria de entrevistar Geraldo Vandré. No Em Quarentena, eu gostaria de fazer uma live com Milton Nascimento.

Pe: Você deve ser um craque da internet, por apresentar visuais tão legais. Quem são os gênios que trabalha com você?

Re: Darlan Zurc é um deles. Outro é Rafael Shimdt(coordenador da Rádio Conectados) São incríveis, como pessoas e profissionais.

Pe: E Paiaiá, o município que você nasceu, as pessoas te acompanham, você volta sempre ou perdeu as raízes?

Re: Que perder raízes, que nada! Só nega suas raízes quem é besta. E como não sou besta, e estou sempre por lá, revendo os amigos, conterrâneos que lá deixei. Pelo menos uma vez por ano vou ao Paiaiá. O pessoa me companha e eu acompanho o Paiaiá.

Pe: E hoje vai ter bolo e Parabéns?

Re: Vai ter o mínimo. A pandemia não permite juntar amigos em festa. Pena, né?

Carlos Sílvio

Carlos Sílvio nasceu no povoado São José do Paiaiá, Nova Soure, Bahia, é apresentador e criador do programa Paiaiá na Conectados, que estreou dia 07/05/2016 na Rádio Web Conectados, da FUNSAI, e vai ao ar todos os sábados, às 12h00, ao vivo, com reprise domingo, às 19h00 (www.radioconectados.com.br).

Em 2017 esteve entre os indicados pela Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA) na categoria Produtor de Jornalismo.

Entrevista profissionais dos mais variados temas.

http://www.radioconectados.com.br/locutor/9712/carlos-silvio

WhatsApp WhatsApp